Kernel Linux 4.18 em atraso por conta de Bugs

Kernel com problemas, e foi revertido para 4.18-rc7

Resultado de imagem para bug crash linux opsO chefe do kernel do Linux, Linus Torvalds, deu o passo raro de reverter uma atualização de lançamento do kernel – depois que de danificada por um bug.

Tudo parecia bem com o Kernel 4.18-rc7 depois de copilado, escreveu Torvalds. Algo estranho aconteceu de fato e depois de quase dois dias em discussão com a equipe do Kernel, Torvalds decidiu reverter a versão.

Comentou Tolvards: Acho que vou fazer um rc8 com o reverso, só para ter algum tempo para descobrir oque aconteceu. Ainda é terça feira, já tenho 90 commit desde o rc7, então esse não é o único problema que estamos tendo. Eu preferia apenas os lançamentos regulares, mas como tenho um motivo para atrasar, vou atrasar.

El Reg membro do time de torvalds deu um olhada nas lista de discussão anteriores para descobrir o que deu errado – ou melhor, o que deu errado principalmente , já que há muitos commit desde o release da versão anterior.

Uma grande dor de cabeça envolve um tipo de área de memória virtual em nível de aplicativo introduzido no kernel do Linux para resolver um problema decorrente de uma  paranoia de segurança do Android.

O Android não possui um sistema de arquivos temporário tmpfs gravável, para evitar que aplicativos maliciosos façam coisas mal-intencionadas ou confusas /tmp, então oashmemfoi criado para permitir que os aplicativos “obtenham memória que pode ser compartilhada com processos pares sem criar vazamentos de recursos”. Em outras palavras, o ashmempode ser usado por programas para compartilhar informações sem ter que passar por um sistema de arquivos temporário, e somente quando não há grande pressão para liberar memória.

Em seguida, surgiu o  código aberto do Android que sofreu um “crash no espaço do usuário com v4.18-rc7”, e não no rc6, devido a mudanças no código de gerenciamento de memória envolvendo vma_is_anonymous(). Removendo vma->vm_ops = &dummy_vm_opsde vma_init()parou as falhas.

Essa confirmação levou a este longo post de Torvalds, em que ele considerou puxar rc7. Aqui está a parte fundamental do pensamento de Torvalds:

Honestamente, agora só precisamos reverter esses commit.

Não está claro se foi uma boa ideia começar. O resto dos commits foram tranquilos, este foi conduzido por um incorreto VM_BUG_ON () que disparou, e que verificou “vma_is_anonymous (vma)” sem quaisquer explicações.

Eu acho que o maior problema com vma_is_anonymous () pode ser seu nome, não o que ele faz.

O que o código historicamente * fez * (e o que vma_is_anonymous () verifica) não é “é anônimo”, mas “isso tem alguma operação especial associada a ele”.

No final, não foi apenas esse vma_is_anonymous()problema que fez com que Linus fizesse uma pausa, e agora haverá outro candidato a lançamento antes do Linux 4.18. ®

fonte- https://www.theregister.co.uk

Deixe sua duvida ou comentário.